DL_94 - Foto.jpg

Sítio  #DaLu

Camaçari-BA

Projetar arquitetura em meio à natureza é uma tarefa inspiradora. Os traços do divino e do mundano se intermeiam num movimento harmônico de gestos firmes e bem marcados, como na ação ancestral da fundação de um lugar.

 

A posição das árvores nativas determinou o partido deste projeto. Tangenciaram suas arestas e esculpiram suas reentrâncias, seus contornos, sua volumetria.

 

Projetada para duas famílias, a casa dupla se conecta estruturalmente na tentativa de engendrar, em si, a interação entre as pessoas, como se a planta reproduzisse, ali, uma espécie de organismo arquitetônico vivo e agregador, que se abre para o uso compartilhado dos espaços de lazer na ligação entre as duas unidades.

 

O acesso principal é dado pela Vila. A tipologia de vila é fluidificada pela tectônica do bloco de dormitórios que, com suas linhas anguladas, remete à ritmada repetição dos telhados de duas águas das casinhas vernaculares do interior.

 

O Sítio #DaLu é descrito no trecho da escarpa marginal, que desce até a Lagoa Tucunaré. Erguem-se ali, à sua margem, a cabana de pesca e o deck flutuante para contemplação e lazer. O vencimento da topografia é dado por uma passarela de madeira, que perpassa por entre as copas das árvores nativas, na faixa de preservação permanente.

 

A casa dupla fica no topo e, dali, se vê ao longe... a lagoa, a mata, os pássaros, a vida passando.